domingo, 13 de julho de 2008


Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Clarice Lispector

3 comentários:

Ricardo Soares disse...

fique a vontade para add... e muito obrigado por sua visita...bj

Ed Anjos (y) disse...

_


olà (:

gostei muito daki :^
beijoo

Stella Mariano disse...

Grande Clarice!